Deprecated: O método construtor chamado para a classe WP_Widget em SW_Subcategories_Widget está obsoleto desde a versão 4.3.0! Em vez disso, use __construct(). in /home/u816241485/domains/nabibliaonline.com.br/public_html/wp-includes/functions.php on line 6078
Esboço de Pregação do Bom Samaritano

Na Bíblia Online

Esboço de Pregação: O Bom Samaritano

Esboço de Pregação do Bom Samaritano: A parábola tem significado profundo de compaixão e misericórdia, ensinando-nos a ajudar o próximo sem preconceitos.

Contexto Histórico e Cultural

Para entender plenamente a Parábola do Bom Samaritano, é essencial compreender o contexto histórico e cultural da época de Jesus.

Durante o tempo de Jesus, existia uma profunda hostilidade entre judeus e samaritanos.

Os judeus consideravam os samaritanos como heréticos e impuros, devido a diferenças religiosas e étnicas que remontavam à época da divisão do Reino de Israel.

Os samaritanos, por outro lado, seguiam uma forma distinta de adoração e eram desprezados pelos judeus, que os viam como inferiores.

A Parábola na Estrutura do Evangelho de Lucas

O Evangelho de Lucas é conhecido por sua ênfase na compaixão e na inclusão dos marginalizados.

Eis o esboço de pregação da parábola do Bom Samaritano se encaixa perfeitamente nesse tema, destacando a necessidade de amar e cuidar de todos, independentemente de suas origens ou circunstâncias.

Texto Bíblico: Lucas 10:25-37

“Certa ocasião, um perito na lei levantou-se para pôr Jesus à prova e lhe perguntou: ‘Mestre, o que preciso fazer para herdar a vida eterna?’

‘O que está escrito na Lei?’, respondeu Jesus. ‘Como você a lê?’

Ele respondeu:

‘Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.

Disse Jesus: ‘Você respondeu corretamente. Faça isso, e viverá’.

Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: ‘E quem é o meu próximo?’

Em resposta, disse Jesus: ‘Um homem descia de Jerusalém para Jericó, quando caiu nas mãos de assaltantes. Estes lhe tiraram as roupas, espancaram-no e se foram, deixando-o quase morto.

Aconteceu estar descendo pela mesma estrada um sacerdote. Quando viu o homem, passou pelo outro lado. E assim também um levita; quando chegou ao lugar e o viu, passou pelo outro lado.

Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, quando o viu, teve piedade dele. Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo.

Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele. No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e lhe disse: ‘Cuide dele. Quando eu voltar lhe pagarei todas as despesas que você tiver’.

‘Qual destes três você acha que foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?’

‘Aquele que teve misericórdia dele’, respondeu o perito na lei.

Jesus lhe disse: ‘Vá e faça o mesmo’.”

Qual o significado de ser Bom Samaritano na Bíblia?

Ser um Bom Samaritano na Bíblia significa demonstrar compaixão e amor ao próximo, independentemente de diferenças culturais, religiosas ou sociais.

O Bom Samaritano é aquele que, movido pela misericórdia, age para ajudar os necessitados, sem esperar nada em troca.

Na parábola, Jesus escolhe deliberadamente um samaritano como o exemplo de bondade, precisamente porque isso desafiava os preconceitos dos seus ouvintes judeus.

O Bom Samaritano não apenas vê a necessidade, mas age para supri-la, utilizando seus próprios recursos e tempo para cuidar de alguém em necessidade.

Ele se aproxima, trata das feridas com vinho e óleo (remédios comuns da época), coloca o homem em seu próprio animal e cuida dele em uma hospedaria.

Essa ação vai além do mínimo necessário e demonstra um amor sacrificial e incondicional.

O que Jesus nos ensina com a parábola do bom samaritano?

Jesus nos ensina a prática do amor ao próximo de maneira prática e sem preconceitos.

Ele mostra que o verdadeiro amor se manifesta em ações concretas de ajuda e compaixão, independentemente de quem seja o destinatário da nossa ajuda.

A parábola serve como uma resposta direta à pergunta do perito na lei: “Quem é o meu próximo?”.

Jesus subverte as expectativas culturais e religiosas da época, mostrando que o próximo não é determinado por proximidade geográfica, etnia, ou religião, mas pela necessidade e pela resposta misericordiosa a essa necessidade.

O ensinamento central é que o amor ao próximo é uma expressão tangível do amor a Deus, e que essa expressão deve ser prática e abnegada.

Qual a moral da história do Bom Samaritano?

A moral da história do Bom Samaritano é que o verdadeiro “próximo” é aquele que demonstra misericórdia e compaixão.

Jesus desafia os ouvintes a expandirem sua definição de “próximo” e a agirem com compaixão para com todos, superando barreiras de preconceito e indiferença.

A conclusão da parábola é poderosa: a verdadeira piedade e a verdadeira proximidade se manifestam na misericórdia.

Jesus conclui dizendo ao perito na lei para “ir e fazer o mesmo”, chamando-o (e a todos nós) a um padrão de vida onde o amor ao próximo é demonstrado através de ações concretas de ajuda e cuidado.

Este ensinamento transcende o mero cumprimento da lei religiosa, apontando para um coração transformado pela compaixão divina.

5 Lições do Bom Samaritano

1. Compaixão ativa:
O samaritano viu a necessidade e foi movido pela compaixão a agir.

Lição: Devemos estar atentos às necessidades dos outros e responder com ações concretas. A compaixão verdadeira se traduz em atos de bondade e cuidado.

2. Superação do preconceito:
Apesar da hostilidade entre judeus e samaritanos, o samaritano ajudou o judeu ferido.

Lição: O amor ao próximo transcende qualquer barreira de preconceito. Devemos estar dispostos a ajudar todos, independentemente de suas origens ou circunstâncias.

3. Disponibilidade para ajudar:
O samaritano interrompeu sua viagem para ajudar.

Lição: Devemos estar dispostos a sair da nossa rotina para ajudar quem precisa. A disposição para interromper nossos planos para ajudar os outros é uma marca de verdadeiro amor e compaixão.

4. Sacrifício pessoal:
O samaritano usou seus próprios recursos para cuidar do ferido.

Lição: A verdadeira ajuda pode exigir sacrifício pessoal e uso dos nossos recursos. O amor ao próximo frequentemente envolve abrir mão de algo que valorizamos para ajudar alguém em necessidade.

5. Cuidado contínuo:
O samaritano garantiu que o homem fosse cuidado até sua recuperação.

Lição: O compromisso com o próximo pode exigir acompanhamento contínuo e diligente. Nossa responsabilidade para com os necessitados não termina com um único ato de bondade; devemos estar preparados para oferecer apoio contínuo.

Versículo do Bom Samaritano

Lucas 10:33-34 (NVI):
“Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, quando o viu, teve piedade dele.

Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele.”

Este versículo encapsula a essência da parábola, mostrando a ação imediata e prática do samaritano ao ver o homem necessitado. Ele não apenas sente compaixão, mas age de maneira concreta para aliviar o sofrimento do outro.

Aplicação Contemporânea

Relevância Atual:
A parábola do Bom Samaritano continua sendo extremamente relevante nos dias de hoje.

Em um mundo marcado por divisões e preconceitos, a mensagem de compaixão, inclusão e ajuda desinteressada é mais necessária do que nunca.

O cantor Anderson Freire possui uma canção intitulada “Bom Samaritano”, que reflete os valores desta parábola.

Encoraje a congregação a buscar a letra, cifras, vídeos e playback da música “Bom Samaritano” de Anderson Freire como uma forma de meditar sobre esta mensagem.

Conclusão do esboço de pregação do bom samaritano

Recapitulação:

 

    • A parábola do Bom Samaritano nos ensina sobre a verdadeira compaixão e amor ao próximo.

    • Jesus desafia preconceitos e nos chama a agir com misericórdia e cuidado.

    • A moral da história é que nosso próximo é qualquer pessoa em necessidade, e nossa resposta deve ser a de misericórdia ativa.

Apelo:
Apelo para que a congregação pratique as lições extraídas desse esboço de pregação do Bom Samaritano em suas vidas diárias.

Encoraje todos a buscar oportunidades de mostrar compaixão e cuidado, seguindo o exemplo do samaritano.

Oração de Encerramento:
Peça a Deus para nos ajudar a sermos verdadeiros bons samaritanos, mostrando amor e compaixão a todos que cruzam nosso caminho.

Referências Adicionais

Para Estudo Aprofundado:

 

    • Lucas 10:25-37.

Para Reflexão Musical:

 

    • Canção “Bom Samaritano” de Anderson Freire.

Fábio Valfré Prado
Fábio Valfré Prado

Teólogo e redator de conteúdos bíblicos do site Na Bíblia Online. Escreve estudos, esboços e listas de versículos da Bíblia.

@ Seguir